NEWS

  • agênciamam

O dia típico de um Relações Públicas

Atualizado: 10 de Out de 2019

Mentira, não existe um “dia típico” para um RP que trabalha em uma agência

8:00 – O despertador toca, mas eu já vi todos os stories.

8:20 – Banho. Hora de uma introspecção profunda sobre todas as decisões estratégicas do dia.

9:00 – Saio de casa e qualquer coisa que vejo eu consigo transformar em um pitch.

10:00 – Chego ao escritório. Faço o café. Ligo o computador. Abro o Outlook e vejo que tenho 334 novos e-mails – respiro fundo, respondo aos urgentes e abro uma lista de tarefas.

10:05 – Leio as notícias do dia. Procuro clippings, menções aos nossos clientes, referências à concorrência e tendências da indústria.

10:10 – Das duas uma: ou fico contente com um clipping incrível ou deprimida por causa da concorrência.

10:20 – Vejo um artigo interessante, mas tenho de guardar para ler mais tarde.

10:31 – Paro para reavaliar a lista de tarefas. Dou prioridade às questões mais urgentes e faço uma lista do que tem de ser tratado HOJE.

10:45 – Momento agora de preparar o envio do press release do dia.

10:55 – Vejo a revisão do cliente e morro por dentro. Aceito todos os MIL adjetivos que ele colocou no título contendo “lança o novo mais inovador produto que é tendência global da melhor marca do mundo”

10:56 A foto não tem 300 dpis. A foto não tem nenhum dpi. A foto não tem nem crédito, como vai ter dpi?

11:00 – Peço ao único colega que tem Photoshop para me ajudar, mas ele não pode me ajudar nos próximos 5 minutos.

11:05 – Procuro uma solução do Google.

11:05– Abro o Paintbrush.

11:06 – Abro o Facebook para pensar. Fecho o Facebook.

11:06 – Fecho o Paintbrush.

11:07 – Respiro fundo.

11:10 – A situação está milagrosamente resolvida. Está tudo pronto para o envio.

11:11 – E-mail pronto.

11:20 – Releio, à procura de erros.

11:21 – Envio para @mim. Vejo como os outros o irão receber.

11:26 – Releio novamente.

11:30 – Descubro um grande erro! Começo a suar e a dar graças aos deuses e santinhos dos comunicados de imprensa por ter reparado antes de enviar isto aos meus contatos.

11:36 – Releio outra vez.

11:37 – E outra vez.

11:38 – Agora sim. Tenho a “certeza” que está tudo perfeito. Tomo finalmente a decisão que está pronto a enviar.

11:45– Quase ENTER, mas resolvo dar aquela uma última revisão, como quem não quer nada.

11:46 – Enviar.

11:47 – Arrependo-me subitamente (!). Não pedi uma décima opinião, mas agora só se cair a internet.

11:47 – E-mails enviados.

11:48 – Essa MERDA de mailing que volta tudo.

11:50 – Vejo o primeiro clipping publicado no Segs.

11:55 – Veja um clipping ok publicado e posso retornar à normalidade.

12:00 – PRECISO de outro café.

12:10 – Agora preciso fazer um relatório de outro cliente que já está atrasado há 10 dias.

12:12 – Como mudo o slide mestre desse PPT?

12:15 – Chegou um e-mail de um jornalista por causa do envio de há pouco. Pergunta, resposta. Pergunta, Resposta. Pergunta.

12:20 – PUTA QUE PARIU. Escrevi “sugestão de puta” no e-mail que li 100 vezes antes de enviar. Lágrimas.

12:30 – Relatório pronto. Está tudo pronto para a reunião de logo mais! HUHUUUU!

12:31 – A pauta caiu, mas beleza. Vou almoçar.

12:35 – Ajudo a revisar o release da minha colega.

13:15 – Almoço, hora de falar sobre as notícias que movimentam o mundo, e de dar likes.

14:00 – Apresentação do relatório de resultados para o cliente. Cliente faz uma ou duas observações que me fazem questionar o porquê da escolha desta profissão, mas respiro fundo e continuo.

14:10 – Óbvio que o cliente ia reclamar, ele não sabe passar briefing.

14:12 – Óbvio que o cliente ia amar, conheço mais do produto dele do que ele.

14:13 – Estou muito orgulhosa, eu AMO essa profissão, sou INCRÍVEL, meu time é foda.

14:20 – COMO ASSIM não era assim?

14:22 – Vocês viram o que aconteceu com a Bruna Marquezine?

14:32 – Como assim não tem mais likes no Instagram?

15:30 – Tchau, pessoal. Vou mandar para vocês o relatório por e-mail.

15:45 – Cliente liga perguntando se já mandei o relatório, ele precisa apresentar para o marketing.

16:00 – Outro café. \o/

16:01 – Gente, alguém tem algo para comer?

16:15 – Hora de me atualizar nas redes sociais.

16:45 – Gente, alguém viu as novas séries do Netflix?

17:00 – Volto aos e-mails.

17:55 – Procuro clippings da divulgação de hoje cedo.

17:56 – Cliente quer saber se já saiu alguma coisa.

18:00 – Concentração total para matar a lista de pendências do dia.

18:05 – Alguém faz um brainstorm.

18:39 – Mandei bem nas pendências do dia.

18:40 – Final da tarde: começo a arrumar as minhas coisas para ir embora.

18:41 – Jornalista quer entrevistar o executivo hoje, pauta fecha às 19h! Momento ADRENALINA.

18:41:50 – Amo atender esse cliente! <3

18:42 – Colega precisa de ajuda para algo SUPER urgente.

19:00 – Crise resolvida. Agora sim. “Até amanhã”.

20:00 – Academia? Hmmm… não vai dar. Vou ler o artigo que deixei para depois.

21:00 – Hora do jantar, uma comida boa e uma taça de vinho. Mentira! Vai essa barrinha de cereal que veio no press kit do cliente.

00:00 – Vou para a cama. Fecho os olhos.

00:17 – Subitamente – não sei como e nem porque – tenho uma ideia incrível para uma pauta de amanhã.

00:19 – Stories. Celular cai na testa.

00:25 – Agora é sério, cérebro! Tenho que dormir.


Adaptação do texto “Como é um dia de um Relações Públicas?”

83 visualizações

+55 11 3881-8882
Al. dos Maracatins, 1217 - CJ 303

Indianópolis - São Paulo - SP - CEP 04089-014

FIQUE POR DENTRO

Cadastre-se e saiba tudo o que acontece na agênciamam.

Termos Privacidade © 2019   agênciamam assessoria de imprensa & relações públicas